Bridge Brazil

logo bridge brazil
EnglishSpanish

Press Releases

Go big or go home, just don't be late. The Brazilian startup expansion scenario is more attractive than ever. 

Pintou um cenário totalmente diferente para uma expansão de startups estrangeiras no Brasil e 5 meses vem aprendendo uma série de cursos e hubs em todo o mundo. . O momento certo? Agora mesmo!

O valor investido é 45% superior no mesmo período de 2020 e 299% superior no período entre janeiro e julho do ano passado. Junho também foi um mês histórico: US$ 2 bilhões arrecadados em mais de 63 rodadas. As mega rodadas foram lideradas pelos unicórnios brasileiros Gympass (US$ 220 milhões), Ebanx (US$ 430 milhões) e Nubank (US$ 500 milhões). 

Os números diferentes de todos os setores não mentem: 14 países diferentes de todos não mentem, participem do último Bridge Brazil Startup Challenge, realizado nos Estados Unidos em outubro, e várias outras buscas de apoio de nossa equipe para o Brasil. O movimento é consistente com os indicadores de mercado aquecido e cenários de investimentos. A Bridge Brazil é uma empresa que caça e traz startups para terras brasileiras em um processo assistido chamado softlanding. 

Os setores preferidos dos investidores, segundo o relatório do Distrito, são fintechs, varejo e health techs, com 35% mais rodadas de investimento do que no ano passado. Os investimentos em fase final concentram 95% do valor investido.

A quantidade de investimentos que está sendo feita no Brasil retrata um desempenho excelente considerando o ambiente de startups brasileiro e recomendado que o novo hot spot para expansão de startups estrangeiras se você realmente quer sucesso e escalar é aquele país tropical de 213 milhões de pessoas . “Graças econômicas à maturidade do mercado, à continuação deste mês e os parceiros exatos do Brasil, esperam que os próximos meses sejam esperados do Brasil”, diz Sér. “.

“É um país desafiador que apresenta as lacunas estruturais, além de grandes e numerosas oportunidades para encontrar a capital. Não certos para a filial brasileira, oferecendo o apoio de outras empresas e investidores. Nossa estratégia é uma estratégia ganha-ganha e nosso objetivo é fazer uma startup funcionar em uma cultura completamente nova. Sabemos o que fazer desde o primeiro momento”, acrescenta Campos, que lidera uma equipe enxuta, multicultural e experiente sediada em São Paulo.

Com o maior da América Latina e 19,2 milhões de empresas cadastradas no Datasebra, o Brasil está a escolher a maior escala do 5G, que ainda mais soluções digitais e possibilidades imagináveis ​​​​em imagens inteligentes e IoT para e cidades crescimento ainda mais rápido. A concorrência será mais acirrada para os retardatários.

INFORMAÇÕES DE CONTATO

SÉRGIO CAMPOS

CEO Bridge Brasil

sergio@bridgebrazil.com

+55 11 99776-5699

STEPHANIA GUIMARÃES

Chefe de Marketing

stephania@bridgebrazil.com

+55 31 99102-9109

Startups e Sustentabilidade

Startups se unem para geração de conhecimento

O mineiro de Belo Horizonte, Sérgio Campos, lidera o painel sobre internacionalização de startups nesta sexta-feira, dia 26 de novembro, no Cubo Itaú, em São Paulo. CEO da Bridge Brazil, ele fará parte do segundo FCJ Summit, que o formato das palestras do interesse mais famoso sobre ESG, Internacional, Inovação Corporativa e vários outros temas de investidores e do ecossistema acontece. 

O evento é realizado anualmente pela FC Holding, organização de Venture Capital fundada em Minas Gerais que hoje possui em seu portfólio 94 startups, 484 investidores e quase dez milhões de clientes em todo o país. As Venture Builders e Corporate Ventures Builders da rede estão distribuídos em diversos estados, assim como os colaboradores que trabalham em caráter totalmente remoto no país e fora dele.

O objetivo do encontro no Cubo é um debate de temas de aves para o ecossistema de startups, uma geração de conhecimento e uma geração de novas oportunidades de investimento. O ambiente de startups no país segue de vento em popa. O ecossistema brasileiro de startups já ultrapassou o total de US$ 6,9 bilhões de investidores em 2021, volume 89% maior do que os US$ 3,6 bilhões de 2020, de acordo com os dados do Inside Venture Capital Report, Distrito de dados dados Relatório de Capital de Risco.

O Painel sobre Internacionalização contará ainda com a presença de Cristiane Madureira, Diretora de Expansão da FCJ USA, diretamente de Washington DC, de Flávia Guerra, CEO da FCJ Portugal, que estará em Lisboa e com a presença no palco do Cubo de Rodrigo Baez, CEO da FCJ México ao lado do CEO da Bridge Brazil.

Depois de GE, pelo hospital Mater Dei, de Belo Horizonte, e três mestrados na Université Paris Sud, em Paris, na área de Tecnologia, além de uma especialização na Universidade de San Diego, o engenheiro Sérgio decidiu retornar ao país para empreender e fazer parte da FCJ Holding, onde permanece em 2013. À frente da Bridge Brazil, empresa sediada em São Paulo e responsável pelo softlanding (nacionalização) de startups estrangeiras aqui no país, ele lidera uma equipe enxuta, multidisciplinar e poliglota, que atua com base em metodologias Ágeis para ajudar startups a ganharem escala e atraírem investimentos.

Participe do evento público que acontecerá das 9h às 18h, gratuitamente, diretamente do site https://space.fcjventureer.com/corporate-venture-summit-2/ ou faça uma inscrição gratuita pela plataforma Sympla no endereço: https:/ / www.sympla.com.br/2-corporate-venture-summit—evento-online__1307247 .

Contatos

Sérgio Campos

CEO e Cofundador

sergio@bridgebrazil.com

+55 11 99776-5699

Stephania Guimarães

Chefe de Marketing

stephania@bridgebrazil.com

+55 31 99102-9109